terça-feira, 29 de julho de 2014

34ª Coxilha Nativista AO VIVO no Bahstidores



A Rádio Fronteira Gaúcha www.radiofronteiragaucha.com e o site BAHstidores www.bahstidores.com , estarão fazendo a transmissão da 34ª Coxilha Nativista da cidade de Cruz Alta entre os dias 31 de Julho 1 e 2 de Agosto .

Patrocínio :

MOVILCOR – CORREARIA DO MORÉCA – HOTEL CALIFÓRNIA – AURORA PILCHAS

Acompanhe !

sexta-feira, 25 de julho de 2014

11º Canto dos Ervais em Palmeira das Missões



XI CANTO DOS ERVAIS
CATEGORIAS: MIRIM, JUVENIL E LINHA LIVRE

REGULAMENTO

Será um festival de música nativista, extensivo a todo o Brasil e países pertencentes ao Mercosul, através da participação de poetas, músicos e cantores identificados com a cultura do Rio Grande do Sul e da América Latina, tendo como baliza as referências culturais norteadoras da cultura gaúcha.

2 - DEFINIÇÕES E OBJETIVOS

1. Divulgar através da poesia e da música os verdadeiros valores da cultura gaúcha, de forma a preservar a arte, a imagem e o autêntico sotaque do Rio Grande do Sul, mantendo viva a terminologia, a indumentária, os usos e costumes característicos do Pampa Gaúcho;
2. Valorizar o homem e a lida do campo, personagens da nossa história, retratando a sua importância para a literatura e para a sustentação do folclore do Sul, do Brasil e países do Mercosul;
3. Resgatar as peculiaridades musicais e poéticas do Rio Grande do Sul, na afirmação de suas crenças e na busca incessante de suas raízes;
4. Promover os jovens intérpretes em suas potencialidades artísticas e culturais, envolvendo a comunidade gaúcha em geral, imprensa escrita e falada, pesquisadores e artistas, integrando todos aqueles sensíveis a estas manifestações autênticas e sinceras, pois um fato desta grandeza torna nosso município um pólo catalisador da música regional e crioula.

3 - INSCRIÇÃO E PARTICIPAÇÃO

Poderão participar compositores e intérpretes de todo o Brasil e países do Mercosul, desde que obedeçam as normas deste regulamento.
1. Serão aceitos poemas em Línguas Portuguesa e Espanhola, desde que identificados com a cultura regional, étnica, urbana e campeira do Rio Grande do Sul e do Pampa Gaúcho;2. As inscrições são gratuitas e ilimitadas;
3. O XI Canto dos Ervais de Palmeira das Missões será realizado nos dias 17 (Categoria Livre) e 18 (Categorias Mirim e Juvenil) de Outubro de 2014, tendo como local o Centro de Tradições Gaúchas Sinuelo da Querência, com horário de início previsto para as 20 horas;
 4. Poderão participar do Festival nas Categorias Mirim e Juvenil, composições inéditas ou não, em caso de música inédita esta não poderá ter sido gravada ou divulgada anteriormente e da Categoria Livre, SOMENTE composições inéditas, o que pressupõe que a obra não deve ter sido gravada ou divulgada anteriormente, exceto participações em outros festivais, desde que não contempladas com a inclusão em CD.
5. Cada composição deverá ser enviada em CD, acompanhada de 06 (seis) cópias datilografadas da letra, constando no CD e em todas as vias o nome da composição e o gênero musical, além de, para mirim e juvenil, uma cópia da carteira de identidade ou da certidão de nascimento, comprovando a idade;
6. Em envelope lacrado, o concorrente deverá enviar a ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada;
7. Toda e qualquer pessoa com idade até 13 (treze) anos será incluída na Categoria Mirim e poderá se inscrever, não importando o local de residência, desde que atente para a música nativista ou gaúcha. Os intérpretes com idade entre 14 (quatorze) e 19 (dezenove) anos, serão avaliados na Categoria Juvenil.Com 20 anos ou mais estarão concorrendo na Categoria Livre, onde somente composições inéditas são permitidas;
8. As inscrições encerrar-se-ão no dia 21 de Setembro de 2014, independente da data de postagem. Não serão aceitas inscrições após esta data, salvo se houver prorrogação definida pela Comissão Organizadora;
9. Ao realizar a inscrição o compositor e seu responsável legal, ficam cientes de que autorizam o Festival a dispor das imagens e áudios decorrentes da apresentação, em caso de premiação ou não;
10. O Canto dos Ervais não indenizará ou remunerará qualquer pessoa por sua apresentação ou execução de instrumento no palco do festival, valendo o item 9, como advertência de que as imagens e/ou áudios decorrentes desta edição tornar-se-ão parte do acervo do Festival, podendo ser usados, conforme a deliberação deste.

Observação: As inscrições deverão ser endereçadas à “COMISSÃO ORGANIZADORA DO XI CANTO DOS ERVAIS”, na rua General Firmino, 332, Centro, CEP: 98.300-000, Palmeira das Missões, RS ou ainda em meio virtual para o endereço de e-mail cantodoservais@yahoo.com.br, sendo que, por e-mail, o formato indicado para áudio é wma ou mp3, incluindo-se, no anexo, todos os demais documentos correspondentes (letra+ficha+comprovante de idade se for o caso).

4 - SELEÇÃO E CONCURSO

1. A Comissão de Triagem e Julgamento selecionará 08 (oito) composições na Categoria Mirim, 08 (oito) composições na Categoria Juvenil e 10 (dez) composições na Linha Livre para serem apresentadas no palco do Festival;
Em cada categoria serão classificadas, no mínimo, 2 (duas) concorrentes de Palmeira das Missões, sendo que mirim e juvenil, o intérprete deverá ser natural de Palmeira das Missões, RS, e, na linha livre, em que o(s) compositor(es) e o(a) intérprete sejam natural(is) e/ou residente(s) em Palmeira das Missões. Este quesito vale tanto para melodia (música) quanto para letra ou interpretação, o que obriga o enquadramento destes na circunstância referida;
2. Cada compositor, em seu nome ou parceria poderá classificar apenas uma obra na triagem, não importando se classificado pela quota local ou geral, não acumulando vagas em nenhuma hipótese;
3. A ordem de apresentação das composições pré-selecionadas será definida pela Comissão Organizadora, logo após a triagem, não sendo aceitas alterações posteriores;
4. Caberá à Comissão Organizadora a escolha do corpo de jurados;
5. Os intérpretes e músicos que subirem ao palco do Festival deverão apresentar-se devidamente pilchados, não sendo permitido o uso de camisetas com propaganda ou alusão a qualquer outro tipo de manifestação que não seja relacionada à cultura do Rio Grande do Sul.

5 - PREMIAÇÃO
Aos vencedores do XI Canto dos Ervais, caberá a seguinte premiação:

Categoria Mirim
1o lugar: R$ 550,00 + Troféu;
2o lugar: R$ 350,00 + Troféu;
3o lugar: R$ 250,00 + Troféu;
 Revelação: R$ 150,00 +Troféu.

Categoria Juvenil
1o lugar: R$ 650,00 + Troféu;
2o lugar: R$ 350,00 + Troféu;
3o lugar: R$ 250,00 + Troféu;
Revelação: R$ 150,00 +Troféu.

* Melhor tema inédito do Festival: R$ 100,00 + Troféu e Melhor instrumentista do Festival: R$ 100,00 + Troféu (Prêmios válidos para o contexto de mirim + juvenil)

Categoria Livre

1o lugar: R$ 950,00 + Troféu;
2o lugar: R$ 750,00 + Troféu;
3o lugar: R$ 650,00 + Troféu;
Música mais popular: R$ 250,00 + Troféu;
Melhor melodia: R$ 150,00 + Troféu;
Melhor letra: R$ 150,00 + Troféu;
Melhor instrumentista: R$ 150,00 + Troféu “Elpídio Saldanha”;
Melhor intérprete: R$ 150,00 + Troféu.

Observação. Haverá pagamento a título de ajuda de custo de R$ 300,00 (trezentos reais), para cada obra classificada nas Categorias Mirim e Juvenil, exceto as obras erradicadas/classificadas em Palmeira das Missões. Nesta edição não será oferecido o serviço de banda-base aos concorrentes, devendo cada intérprete prover seu acompanhamento.

E de no mínimo de R$ 1.200,00 (mil e duzentos reais), para cada obra classificada na Categoria Livre, com exceção das obras erradicadas/classificadas em Palmeira das Missões, pela quota local, que receberão ajuda de custo de R$ 350,00, considerando a ausência de deslocamento. Cada músico poderá atuar em até 3 (três) composições e cada intérprete em uma como solista e mais uma em duo ou outras modalidades vocais.

6 - PROGRAMAÇÃO
Dias 17 e 18 de Outubro

09 horas: Ensaio geral com os concorrentes;
19 horas: Recepção
19h 15min: Solenidade de abertura e apresentações artísticas.
20 horas: Início da apresentação dos concorrentes;
22 horas: Show de intervalo
23 horas: Divulgação do resultado e entrega da premiação.

7 - NORMAS GERAIS

1. Serão credenciados no máximo 2 (dois) profissionais, por jornal e 04 (quatro) profissionais, por emissora de rádio;
2. Serão credenciados somente os autores, músicos e intérpretes participantes, ficando o Festival obrigado a credenciar um acompanhante de qualquer natureza, por intérprete;
3. A Comissão Organizadora reserva-se o direito de, em qualquer momento, excluir do evento o concorrente ou grupo cujos participantes infringirem as normas deste regulamento;
4. Os casos omissos a este regulamento serão resolvidos soberanamente pela Comissão Organizadora.

MAIORES INFORMAÇÕES
Érico Veríssimo de Almeida (Presidente da Comissão Organizadora – Fones: (55)84040815/37420054); Hélio Antonio Ardenghi Boeri – Fone: (55) 9962-2905 e e-mail: boeri@mksnet.com.br; Floriano Siganski (Patrão do CTG Sinuelo da Querência – Fones: (55)99270713/37423348); Bruna Siganski – Fone: (55) 9602-6174; Rômulo Chaves Fone: (55) 9957-8675 e e-mail: romulo_chaves@yahoo.com.br

XI CANTO DOS ERVAIS
FICHA DE INSCRIÇÃO
Categoria LIVRE (  )  Juvenil (  )   Mirim (  )

Nome do Intérprete:
Nome da Composição:
Ritmo:
Autor da Letra:
RG:                   CPF:
Endereço:
CEP:
Telefone(s): Fixo:            Celular:
Autor da Música:
RG:                  CPF:
Endereço:
CEP:
Telefone(s): Fixo:                    Celular:
Pessoa autorizada a receber valores (deverá estar presente no evento):
Nome completo:
RG:                 CPF:             PIS/PASEP/NIT:
Endereço:                                                
CEP:                         Telefone:
DECLARAÇÃO: O(s) compositor(es) acima identificado(s), firmando a presente, implícita e antecipadamente, autoriza(m) aos promotores do X Canto dos Ervais, a gravar e divulgar, em CD e outras formas de mídia de áudio e imagem, a composição acima indicada, ressalvando os direitos autorais pertinentes, nas formas da lei. Declara(m), ainda, estar ciente do Regulamento deste Festival, aceitando as condições de participação e concorrência, e que as informações aqui prestadas são a expressão da verdade.
Local/data:

______________________
Responsável pela inscrição


Fonte : Prosa Galponeira

Festival Nativista Baqueria de los Piñares - Vacaria - RS



REGULAMENTO DO IX FESTIVAL NATIVISTA BAQUERIA DE LOS PIÑARES

I - DOS OBJETIVOS

Art. 1°- A Prefeitura Municipal de Vacaria promove, por intermédio da Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Lazer – em âmbito nacional, o festival Nativista Baqueria de los Piñares, com os seguintes objetivos básicos:

• Divulgar, através das composições participantes, a música Nativista e Popular do Rio Grande do Sul, estimulando a promoção cultural e histórica do nosso Estado;
• Estimular o interesse do povo pelos temas e valores da atividade cultural da região;
• Abrir espaço para novos artistas (músicos, intérpretes e poetas);
• Oportunizar integração de poetas, músicos e musicistas, analistas, estudiosos e críticos, no interesse da preservação e divulgação da identidade cultural gaúcha;
• Propiciar reflexão e debates que depurem qualitativamente a arte em geral;
• Elevar à expressão artística, temas e gêneros / ritmos regionais e populares, buscando valorizar a música do Rio Grande do Sul, através de linguagem atual e criativa.
• Premiar e divulgar as composições que melhor expressem os objetivos acima referidos;

II - DA ORGANIZAÇÃO

Art. 2° - O Festival Nativista "Baqueria de los Piñares" é organizado pela Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer de Vacaria.

III - DO CONCURSO DE CANÇÕES

Art. 3° - O Festival Nativista " Baqueria de los Piñares" é um concurso de canções inéditas e originais, não podendo concorrer composições que já tenham sido gravadas ou editadas.
§ 1° - Considera-se inédita, para o concurso, a composição poético-musical que não tenha sido objeto de comercialização pública.
§ 2º - Entende-se por original a música não plagiada de outra já existente.
§ 3° - No caso em que a letra ou a melodia seja de autor falecido, é da responsabilidade do outro concorrente apresentar a autorização de quem de direito.
Art.4º - O concurso de canções nativistas do Rio Grande do Sul pode ser disputado por compositores de qualquer parte do Brasil, desde que se atenham às regras nele estabelecidas.
§ único - É vedada a participação dos membros da Comissão julgadora ou da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, em qualquer circunstância.
Art. 5º - As canções não poderão exceder 5 minutos de duração quer na triagem, quer na apresentação.
Art. 6º - Cada intérprete poderá defender no máximo duas canções e cada instrumentista poderá subir até três vezes no palco.

Parágrafo 1.2:Quanto a etapa Municipal á realizar-se no dia 21 de Novembro de 2014 no CTG Rancho da Integração só poderão ser inscritos músicos que comprovem residência no Município de Vacaria.

Parágrafo 1.3: Não é necessário que autores de Letra e Melodia sejam naturais do Município de Vacaria.

IV – DAS INSCRIÇÕES

Art. 7º - As inscrições da Etapa Municipal e Nacional estarão abertas no período de 01 de Agosto de 2014 á 03 Outubro de 2014.(Valendo a data de postagem).
Art. 8º - As inscrições são gratuitas.
Art. 9º - Cada concorrente e/ou autor poderá inscrever somente uma música por ficha, de acordo com o art. 3º.
Art. 10º - As inscrições deverão ser enviadas em envelope fechado para Secretaria Municipal de Cultura,Esporte e Lazer, Rua Ramiro Barcelos 915,Centro,Vacaria –RS ,CEP : 95200-000
§ único - O envelope referido neste artigo deverá conter obrigatoriamente:
- Ficha de inscrição preenchida:
- CD contendo a música gravada;
- 07 cópias datilografadas (digitadas) da letra e rubricadas pelos autores responsáveis; Documentação exigida :
Fotocópia da Carteira de Identidade
Fotocópia Cartão CPF e numero do PIS- PASEP

Inscrição Via Web:
Gravação formato MP3,Letra digitalizada (WORD),Ficha de Inscrição e documentação exigida
Pelos E-mails captacao@vacaria.rs.gov.br ou raulbittencourtsilva@gmail.com

V - DA SELEÇÃO E JULGAMENTO

Art. 11° - A Comissão de Seleção e Julgamento é composta de cinco membros, contando com pessoas de conhecidos dotes para criação poético-musical, análise ou crítica, e que se atém às normas constantes neste Regulamento.

§ 1° - A comissão avaliará no processo de triagem, eliminatórias e na grande final.
§ 2° - Os trabalhos de pré-seleção serão coordenados pela Comissão de Seleção e Julgamento.
§ 1° - A Comissão Organizadora divulgará a relação das canções classificadas no site: www.vacaria.rs.gov.br e na imprensa escrita e falada.
§ 2° - O processo de triagem das duas etapas será realizado no dia 29 de Outubro de 2014. Os concorrentes da etapa Municipal subirão ao palco no dia 21 de Novembro de 2013 (10 canções) cujas composições forem classificadas pela Comissão de Seleção e Julgamento, irão defender suas canções, onde serão classificadas as musicas (1º e 2º Lugar) para a final do dia 23.
Os concorrentes da etapa Nacional subirão ao palco no dia 22 Novembro de 2014 (14 canções). Será determinado pela comissão organizadora á ordem de apresentação dos dias 21,22 e 23 de Novembro de 2014, que fará o comunicado aos respectivos músicos.
As apresentações iniciarão ás 20h na sexta e no sábado e ás 14horas no dia 23 de Novembro (Domingo).
No dia 23 de Novembro de 2014 subirão ao palco as 8 canções classificadas da etapa nacional somadas,ao 1º e o 2º lugar oriundos da etapa Municipal.

Art. 12° - As 14 canções classificadas para a Etapa Nacional somadas as duas canções oriundas da etapa Municipal ,serão incluídas no CD Festival Nativista Baqueria de los Piñares.

VI - DO JULGAMENTO

Art. 13º - O julgamento das composições é da responsabilidade da Comissão de Seleção e Julgamento, que avalia cada uma delas de acordo com sua letra, sua melodia e sua apresentação.
§ 1º - No item "apresentação" são considerados interpretação e arranjo.
§ 2º - As escolhas são preferencialmente consensuais, podendo os jurados, no entanto, optar pelo voto.
§ 3º - As reuniões da Comissão de Seleção e Julgamento não se restringem às apresentações públicas das composições, estando previstas análises e debates prévios e posteriores.
§ único – Dos finalistas será escolhida uma composição vencedora, um segundo e um terceiro.
Art. 14º - É igualmente de competência da Comissão de Seleção e Julgamento a escolha do melhor:
a) Musica mais Popular
b) Instrumentista;
c) Intérprete Vocal
d) Melhor Letra
e)Melhor indumentária

VII - DA APRESENTAÇÃO

Art. 15º - As apresentações ocorrerão no CTG Rancho da Integração.
Art. 16º - A ordem de apresentação das 14 canções pré-classificadas para a Etapa Nacional será decidida e comunicada pela Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Lazer.
Art. 17º - A passagem de som dos concorrentes será no dia da apresentação em horário preestabelecido pela Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Lazer, cabendo a cada concorrente o tempo máximo de 15 minutos.

OBS:SERÁ PENALIZADA COM 20%DA AJUDA DE CUSTA A MUSICA QUE NÃO RESPEITAR O HORARIO DA PASSAGEM DE SOM.

Art. 18º - Cada concorrente deverá obedecer ao limite de 10 minutos, sendo 5 minutos para a montagem e desmontagem de equipamentos e 5 minutos para a execução da música.
Art.19º - Todos os concorrentes, intérpretes e músicos, deverão subir ao palco trajando obrigatoriamente, a indumentária típica do gaúcho. Poderão ser usados no palco todos os tipos de instrumentos e os ritmos deverão ser aqueles tradicionais. Não será permitido o uso de camisetas, pochetes e assemelhados. É terminantemente proibido o uso de brinco no palco.
Todas as composições que forem apresentadas no palco deverão ter no mínimo 03( três) participantes e no máximo 07 (sete).

VIII - DA PREMIAÇÃO

Art. 20º - Os prêmios instituídos pelo Festival Nativista Baqueria de los Piñares quanto a Etapa Nacional:
1) Troféu para canção vencedora + R$2000,00
2) Troféu para a canção classificada em segundo lugar + R$1000,00
3) Troféu para a canção classificada em terceiro lugar + R$500,00
4) Troféu para a musica mais Popular +R$500,00
5) Troféu para o melhor Instrumentista + R$300,00
6) Troféu para o melhor Intérprete Vocal + R$300,00
7) Troféu para o melhor Letra + R$300,00
8)Troféu para a Melhor Indumentária.

§ único – Os valores dos prêmios serão pagos após a apuração dos resultados.

Os prêmios instituídos pelo Festival Nativista Baqueria de los Piñares quanto a Etapa Municipal:

1) Troféu para canção vencedora – Classificação para a final da etapa Nacional
2) Troféu para a canção classificada em segundo lugar –Classificação para a final da etapa

Nacional
1)Troféu para canção classificada em primeiro lugar
2) Troféu para canção classificada em primeiro lugar
3) Troféu para a canção classificada em terceiro lugar
4) Troféu para a musica mais Popular;
5) Troféu para o melhor Instrumentista
6) Troféu para o melhor Intérprete Vocal
7) Troféu para o melhor Letra

• Ajuda de custo referente a etapa nacional fica estipulado o valor de 1.000,00 (Hum mil e reais).
• A ajuda de custo será recebida desde que seja encaminhados os documentos solicitados pela Organização do Festival anteriormente ao inicio do evento.

• Documentação exigida :
• Fotocópia da Carteira de Identidade
• Cartão CPF e numero do PIS- PASEP
Numero da conta/agencia e banco

IX - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 21º - Ficam automática e definitivamente cedidos ao Festival Nativista Baqueria de los Piñares os direitos de reprodução das canções concorrentes à edição ou reedição do CD correspondente ao evento que representa.
§ 1º - Os compositores que se inscrevem para concorrer estão implícita e automaticamente autorizando a entidade promotora a gravar as composições finalistas.
§ 2º - Só serão aceitas gravações em CD e as mesmas devem estar em condições para serem aproveitadas no CD do Festival que será lançado junto com a etapa Nacional.
§ 3º - Não será dada ajuda de custo para possível regravação.
Art. 22º - É vedado o uso de propaganda política ou comercial sobre o palco Festival Nativista Baqueria de los Piñares.
Art. 23º - Os compositores ao se inscreverem para concorrer no Festival Nativista Baqueria de los Piñares estão automaticamente aceitando, em sua totalidade, as determinações contidas neste Regulamento.
Art. 24º - As inscrições deverão ser enviadas pelo correio para Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Lazer, Rua Ramiro Barcelos 915, Centro, Vacaria-RS, CEP: 95200-000, e serão aceitas somente se acompanhadas do material contendo a música, conforme o art. 10º deste regulamento. Ou Inscrição Via Web:
Gravação formato MP3,Letra digitalizada (WORD),Ficha de Inscrição e documentação exigida
Pelos E-mails captacao@vacaria.rs.gov.br ou raulbittencourtsilva@gmail.com

Art. 25º - Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora.

Para mais informações http://www.vacaria.rs.gov.br/

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Ordem de Apresentação 34ª Coxilha Nativista


Por: BAHstidores

Quarta-feira

Ordem de apresentação da fase local

1- Nos Rastros da Cruz (Marçal Furian/Luiz Gustavo Della Méa )
2- Aconteceu (Jorge Nicola Prado/Leonardo Diaz Morales)
3- Caco de Vadio (Andrei Pires e Tiago Agertt/ Lucas Agertt e Matheus Pires)
4- Da Semente ao Fruto (Carlos Machado/Jorge Antonio)
5- As Bailarinas (Luis Carlos Guereiro/Angelino Rogério)
6- É o Coração (Cesar Silveira)
7- Por de trás da Estampa (Edson Copetti) ( Pelé)
8- Espelho Quebrado (Sinval Araujo/Kauê Diaz)
9- Alma de Campo (Luiz Onério Pereira/Beto Barcellos)
10- Costumes de Gringo (Edu Novakoski )


FASE GERAL
QUINTA:
01 – Divagando (José Amilcar Ferreira/Volmir Coelho)
Int. Volmir Coelho

02- Temperando Lembranças (NenitoSarturi)
Int. NenitoSarturi e Grupo Missões

03 Riscado (Mauro Moraes)
Int. Everson Maré

04 Milonga para alguém que se foi (Marcelo Paz Carvalho/Cleiton Santos)
Int. Juliano Moreno

05 -  De trás do Balcão (Paulo Ozório Lemes e Leonardo Borges/Fabricio Ocaña )
Int. Fabricio Ocaña

06 - Na Meia Lua de Barro (Cauê Machado/Zé Renato Daudt)
Int. Gustavo Teixeira

07 -Nestas Manhãs de Outono (Sergio Sodré Pereira/Jean Kirchoff)
Int. Jean Kirchoff

08 -Despeonados (Manuel OribeFernándes Alves/Luiz Rosado-Ricardo Martins)
Int. Manolo

09 -  Madrugador (Lucas Ramos e Anomar Danúbio Vieira/Rodrigo Morales)
Int. Ita Cunha

10 -Com Olhos de Noite Grande (Sergio Sodré Pereira/Robson Garcia)
Int. Robson Garcia


FASE GERAL

Sexta

01-  Na Sombra do meu Chapéu (Wilson Vargas/Márcio Correia)
Int. Cristiano Fantinel

02-  Horácio Luis (Vinício Brum/Tuny Brum)
Int. Vinicius Brum

03 - Cantautores (Mauro Moraes)
Int. Mauro Moraes e Ita Cunha

04 -  Lunares da Alma (Bianca Bergmam/ZulmarBenitez)
Int. Jean Kirchoff

05 -  O Livro Grande do Tempo (Rômulo Chaves/João Bosco Ayala e Robledo Martins)
Int. Vinicius Brum, Carlos Cachoeira e RobledoMartins

06 - Entre o Milagre e a Cruz (Mario Amaral/Dani DK, Claudio Amaro e Edson Vieira)
Int. Grupo Status

07 - Pra Onde Foi O Amor (Marcelo Dávila/Telmo Vasconcelos e Volmir Coelho)
Int. Volmir Coelho

08-  Depois de Luas (Dalvan Medina e Mario Lucas/Marcelo Carvalho)
Int: Matheus Leal

09 - Simplicidade (Jorge Nicola Prado/Arthur Bonilla)

10-  Nas Asas do Pensamento (Mário Eleú Silva/Eduardo Monteiro Silva)
Int. Fabricio Ocaña

Por: BAHstidores


terça-feira, 22 de julho de 2014

8ª edição do Festival de Arte e Cultura Seiva da Terra - Rio Grande - RS


O festival ocorre nos dias 08, 09 e 10 de agosto de 2014 palco Nossa Terra, Nossa Gente.
O gênero Nativista será apresentado no domingo, 10 de agosto no palco Nossa Terra, Nossa Gente.

Foram selecionadas as músicas:

01 – Quando mais penso.
Romulo Furtado e Rodrigo Madrid;

02 – O outro lado da saudade.
Severino Moreira e Alex Barcellos;

03 – O quilo da erva mate.
Renan Bergmann e Rennã Fedrigo;

04 – Exílio.
Emerson Santos e Rennã Fedrigo;

05 – Na outra ponta da trança.
Ricardo de Oliveira e Marcel Cardoso;

06 – Cincha e Dueto.
Sérgio Becker e Marcel Cardoso;

07 – O Louco.
Miguel Borba e Tony Marques;

08 – As dores do campo.
Miguel Borba e Tony Marques;

09 – Assinalado.
Fabrício Marques, José C. Batista de Deus e Otávio Severo;

10 – Por ser noturna.
Rafael Souza;

11 – Primórdios.
Xirú Antunes , André Teixeira Giovani Viera

12 – Una Zamba para tus ojos negros.

Xirú Antunes e Oscar Macitta.

A comissão organizadora da 8ª edição do Festival de Arte e Cultura Seiva da Terra Modalidade Música apresenta nesta terça-feira, 22, as músicas selecionadas para participação no evento. O festival ocorrerá dentro da programação da 36ª Feira de Artesanato do Rio Grande (Fearg) e 19ª Feira do Comércio, Indústria e Serviços (Fecis) que acontece no período de 31 de julho a 17 de agosto no Centro Municipal de Eventos.

8ª Ronda da Canção Gaúcha - Lages



Alterações no regulamento da 8ª Ronda da Canção Gaúcha, no que diz respeito ao pagamento das ajudas de custo!

8ª RONDA DA CANÇÃO GAUCHA
LAGES – SANTA CATARINA

REGULAMENTO

I – DA ORGANIZAÇÃO

Art. 1º - A organização do Festival fica a cargo de Arthur Mattos, Renan Netto e Mario Oliveira.
a) A 8ª RONDA DA CANÇÃO GAUCHA será realizada como parte da programação da Expolages, nos dias 17 e 18 de Outubro de 2014, na cidade de Lages SC, no Parque de Exposições Conta Dinheiro, Avenida Luiz de Camões, 2330, Bairro Conta Dinheiro Lages, Santa Catarina.
b) A linha musical a ser adotada: exclusivamente musica nativista campeira.
c) Telefones para contato com a organização do Festival:
Arthur Mattos, Produtor Geral - 49 9948.1037 (TIM) | 49 9174.6835 (Vivo)
Renan Netto, Produtor Local - 49 9144.8594 (Vivo)

II – DOS OBJETIVOS

Art. 2º - Resgatar as raízes e o tradicionalismo gaúcho.
a) Promover a apresentação de artistas do meio nativista e valorizar o seu potencial.
b) Oportunizar a comunidade uma interação com o tradicionalismo e a cultura gaúcha.

III – DO CONCURSO

Art. 3º - Desde que se submetam as regras estabelecidas no presente regulamento poderão participar:
a) Compositores e músicos de qualquer parte do Brasil ou de outros países.
b) Cada autor poderá inscrever individualmente ou em parceria, tantas quantas composições se dispuser, gratuitamente, no entanto, no máximo 02 (duas) composições em ritmos diferentes poderão ser classificadas.
c) As composições inscritas deverão ser inéditas, entendendo-se como tal àquela não gravada em CD comercial, imprensa ou publicada em qualquer veículo de comunicação de massa, podendo, entretanto, ter participado de eventos do gênero, desde que não tenham sido premiadas e registradas em disco.
d) Caberá ao compositor, sob sua exclusiva responsabilidade, a escolha dos intérpretes, acompanhadores e arranjadores.
e) O compositor após inscrever seu trabalho não mais poderá divulgá-lo até o fim do evento.
f) As composições de um mesmo autor ou parceria poderão ser encaminhadas em CD de áudio (wave, mp3, wma), identificadas na parte externa ou invólucro, e cada composição deverá ser acompanhada de 04 (quatro) cópias, sem rasuras, contendo em todas elas somente o título da composição e o ritmo.
g) Em envelope lacrado, o concorrente deverá encaminhar a ficha de inscrição, preenchidos todos os dados nela solicitados. Do lado de fora do envelope constará, tão somente o nome da composição e cidade que representa, não será devolvida a letra, ou o CD, ficando para o acervo do Festival.
h) As canções não poderão exceder o limite de 5 minutos de execução, e dentro desse limite, fica a critério do concorrente, o uso de introdução, do instrumental, de intérpretes e arranjos.
i) O bom nível técnico da gravação é recomendável para uma melhor avaliação, durante a triagem.

IV - INSCRIÇÕES:

Art. 4º - Os trabalhos deverão ser remetidos impreterivelmente até o dia 22 de agosto de 2014 (valendo a data de postagem), para a Comissão Organizadora da 8ª RONDA DA CANÇÃO GAUCHA e endereçados à:
8ª RONDA DA CANÇÃO GAÚCHA - A/C RENAN NETTO
Rua: Vicente Gamborgi, 56 CEP: 88501125, Centro, Lages/SC.
a) Serão aceitas inscrições através de e-mail no endereço eletrônico: rondagauchalages@yahoo.com.br
b) Deverão enviar letra, ficha de inscrição (Word, PDF) e áudio em MP3, contendo em todas elas somente o título da composição e o ritmo.
c) As inscrições por e-mail também deverão respeitar a data limite das inscrições por correio.

V - DA SELEÇÃO

Art. 5º - A Comissão de Seleção será composta por pessoas de reconhecidos dotes para criação poético-musical, análise ou crítica, que sejam de notório reconhecimento de público e crítica especializada no segmento de musica nativista campeira, e que se atenham às normas constantes neste regulamento, as quais serão escolhidas livremente pela Organização do Festival.
a) Encerradas as inscrições no dia 22 de agosto de 2014, a Comissão de Seleção escolherá no dia 05 de setembro de 2014 dentre todas as inscritas, 12 (doze) composições para apresentação pública no primeiro dia do Festival na sexta-feira, 17 de outubro, no Parque de Exposições Conta Dinheiro.
b) Os concorrentes serão divulgados até dia 10 de setembro de 2014 através da imprensa, internet, e pelo contato fornecido na ficha de inscrição dos classificados.

VI - DA APRESENTAÇÃO PÚBLICA

Art. 6° - O mesmo grupo ou conjunto, instrumentista, intérprete e vocal não poderá, individualmente ou em grupo, defender mais do que 03 (três) composições no Festival, e na final não será permitida a substituição de qualquer um deles, sob pena de desclassificação. O numero de participantes na defesa de uma composição, no palco será de no mínimo 03 (três) e no máximo 07 (sete) pessoas, todos os concorrentes deverão subir ao palco trajando obrigatoriamente indumentária típica, não sendo permitida qualquer descaracterização, como uso de tênis, bonés, camisetas, entre outros conforme análise da Comissão Organizadora.
a) As canções não poderão exceder o limite de 5 minutos de execução, e dentro desse limite, fica a critério do concorrente, o uso de introdução de instrumental de interprete, de arranjos, etc.
b) Não será permitido o uso de guitarras elétricas, baterias e instrumentos programáveis, com exceção do teclado (piano).
c) É obrigatória a passagem de som de todas as composições classificadas.
d) A composição que por qualquer motivo atrase sua apresentação terá como pena a perda de pontos e poderá ser desclassificada se a Comissão Julgadora assim definir.
e) Cada intérprete poderá defender 02 (duas) composições individualmente ou em parceria e o instrumentista 03 (três) composições.

VII – DO PAGAMENTO DE CACHÊ

Art. 7º - Cada uma das 12 composições classificadas receberá logo após a passagem de som o comprovante de depósito em conta corrente em nome do responsável pela composição inscrita no Festival, no valor de R$1.000,00 (hum mil reais) de cachê as título de ajuda de custo, direitos autorais e de imagem.
Parágrafo Único - Caso a musica concorrente não esteja no horário estipulado para sua passagem de som, será descontado R$ 400,00 (quatrocentos reais) de seu cachê.

VIII - DO REGULAMENTO

Art. 8° - O julgamento das composições será de responsabilidade da Comissão Julgadora, que avaliará cada uma delas de acordo com a observância do horário de apresentação pública, fidelidade à letra, gênero, ritmo, interpretação, arranjo, tempo de duração da apresentação e indumentária dos intérpretes e músicos.
a) A escolha das músicas classificadas será preferencialmente consensual, podendo os jurados, no entanto, optarem pelo voto.
b) A Comissão Julgadora poderá fazer reunião fechada para debates e/ou avaliações, se assim julgar necessário. Será ainda de competência da Comissão Julgadora a escolha e premiação nas seguintes categorias: 1ª colocado, 2º colocado, 3º colocado, Música mais popular, Melhor intérprete, Melhor instrumentista e Melhor letra.

IX - DA PREMIAÇÃO

Art. 9° - Os prêmios instituídos às vencedoras da 8ª RONDA DA CANÇÃO GAUCHA são os seguintes:
1º lugar - R$ 2.500,00 e Troféu
2º lugar - R$ 1.500,00 e Troféu
3º lugar - R$ 1.000,00 e Troféu
Musica mais popular - R$ 300,00 e Troféu
Melhor Intérprete - R$ 200,00 e Troféu
Melhor lnstrumentista - R$ 200,00 e Troféu
Melhor Letra - R$ 200,00 e Troféu
Parágrafo Único - A premiação será para mediante depósito em conta bancária em nome do vencedor de cada categoria.

X - DISPOSIÇÕES GERAIS

Art.10 - Todas as composições que se classificarem para a 8ª RONDA DA CANÇÃO GAUCHA, farão parte do disco que será lançado no festival.
Art. 11 - Dos alojamentos:
a) O Festival irá oferecer alojamentos com estrutura de banheiros, camas e colchões, ficando sob responsabilidade de cada alojado trazer suas roupas de cama (lençol, cobertas e travesseiros).
b) Cada participante alojado deverá utilizar apenas do local a ele disponibilizado.
c) O responsável pela (as) musica (as) classificada (as) deverá obrigatoriamente repassar a organização com antecedência de no mínimo 10 dias do festival o numero de músicos que utilizarão o alojamento, para que haja uma melhor e mais organizada acomodação.
d) A área de alimentação será conjunta para os músicos, Comissão Organizadora e Comissão Julgadora.
e) Qualquer dano material causado as dependências do alojamento será cobrado dos seus causadores.
f) A casa da 8ª RONDA DA CANÇÃO GAÚCHA é de uso exclusivo da Comissão Organizadora e Comissão Julgadora do Festival, ficando expressamente proibido a entrada ou uso por qualquer concorrente do festival.
Art. 12 Das autorizações legais
a) Todas as 12 composições classificadas deverão enviar no prazo máximo de 01 (uma) semana, a autorização assinada e autenticada em cartório pelos seus autores, liberando ao Festival RONDA DA CANÇÃO GAÚCHA e a Associação Rural de Lages de quaisquer cobranças de direito autoral e também autorizando a gravação da(s) composição no CD do Festival.
b) Caso o prazo solicitado no item “a” não seja cumprido, a musica será automaticamente desclassificada do Festival.
c) O modelo de autorização de gravação da obra será enviado pela Comissão Organizadora do Festival, assim que sejam definidas as 12 composições classificadas.
Art.13 Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora, Comissão Julgadora e Associação Rural de Lages.

Lages, 18 de julho de 2014.

Arthur Mattos
Renan Netto
Mario Oliveira
RONDA DA CANÇÃO GAÚCHA

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Festival Mulher em Canto


O Festival Mulher em Canto esta com data prevista de realização para 12 de setembro de 2014, o evento irá acontecer durante o Acampamento Farroupilha de Porto Alegre, no Parque do Harmonia, onde fica a praça da Sustentabilidade no palco principal. O Festival terá inicio as 19.hs e contará com um espetáculo artístico da cantora Carmem Dubbem. O projeto foi idealizado para divulga a Lei Maria da Penha e o combate a violência contra a Mulher.


Linha Instrumental

Ao Rio Jaguari
Autora: Gorete Marques
Cidade - São Sebastião do Caí-RS

Mi Pasion
Autora: Adriana De Los Santos
Cidade:Porto Alegre-RS

Mãos De Mulher
Autora Guadalupe Mendes
Cidade:Julio De Castilhos-RS

Passe Livre
Autora: Eduarda Linhares
Cidade: Capão Da Canoa - Maquiné-RS

Linha Maria Da Penha

A Voz Da Coragem
Autora: Liziane Brum e Lucas Mendes
Música: Lucas Mendes
Cidade: Soledade -RS

Luta De Penha
Autor: Marcelo Maresia
Cidade: Alvorada-RS

Marias Da Paz
Autor: Túlio Souza
Música: Jean Kirchoff e Luciano Rodrigues
Cidade: Uruguaiana-RS

Pena Da Penha
Autor: Greice Morelli
Cidade: Porto Alegre-RS

Linha Livre

Aparecida
Autor: Carolinne Caramão
Música: Carolinne Caramão
Cidade: Porto Alegre

Mulheres Da Guerra
Autor: Flávio Saldanha
Música: Cléber Soares
Cidade: Uruguaiana-RS

Sem Decote
Autor: Caio Martinez
Música: Cristian Sperandir
Cidade: Osorio-RS

Acróstico Em Canto
Autor: Brucevaine De Souza Darde
Música: Adriano Sperandir
Cidade: Capão da Canoa-RS

Fibra Gaúcha
Autor: Binho Pires
Música: Erlon Péricles
Cidade: Porto Alegre-RS

Sonho Chimarrão
Autor e música: Mário Amaral
Cidade:Capão da Canoa-RS

Seresta Das Quatro Estações
Autor: Davi Teixeira
Música: Matheus Alves
Cidade: Porto Alegre-RS

Eu Posso
Autor e musica: Gérson de Souza e Rafael Zinho
Cidade: Porto Alegre

A Canção Que Você Não Pediu
Autor e musica: Tuny Brum
Cidade: Santa Maria-RS

Damas Da Luz
Autor e música: Nilton Jr. da Silveira
Cidade: Santo Antonio da Patrulha-RS


Fonte: http://www.mulheremcanto.com.br/

Músicas Classificadas 2º ACORDES DO PAMPA de Rosário do Sul


Músicas Classificadas  2º ACORDES DO PAMPA de Rosário do Sul

1-A vida nunca termina – Chamarra
( Letra Angelo Saccol e Fábio Prates e Música: Fabio Prates)

2 - Cantar é preciso – Milonga
( letra: Mario Calegaro e Música: Ronaldo Miler)

3 - Cumpadreando – Chamarra
( letra e Música: Fabio Prates)

4 - De Culatreada e Fiador – Chamarra
( Letra e Música: Sandro Alex Vieira)

5 - Fim de tarde – Chamamé
(letra: Mario Calegaro e Música: Ronaldo Miler)

6 - Inquietudes - Milonga
(Letra: Gilnei Lima e Música: Homero Machado)

7 - Marcas do Tempo – Milonga
(letra: Arnildo Goularte e Música: Thiago Lisboa)

8 - Mates de Apartamento – Milonga
( Letra: Gilnei Lima e Música: Homero Machado)

9 - O Sereno e a Flor - Toada
( Letra: Celomar Marques e Música: Fernando Saccol)

10-Primavera, Linda Rosa – Milonga
( Letra: Felipe Oliveira e Música: Ederson Mello)

11-Quando a Bruxa anda solta – Chamarra
( Letra: Nelson Aita e Música: Guilherme Goularte)

12-Rio de minhas Lembranças - Milonga
( Letra Celso Dutra e Musica: Manoela Alves)

13-Semente Semeada – Toada
( letra: e Música: Gainete Joras)

14-Trança de Alma Negra – Milonga
(Letra: Felipe Oliveira e Música: Ederson Mello)

15- Visões de Campo – Chamarra
( Letra e Música: Jorge Luis Peres Machado)

Por JOEL DE FREITAS PAULO (Presidente da Associação Acordes do Pampa em Canção)

quinta-feira, 17 de julho de 2014

4º FESTIVAL CAMPO A FORA - Santiago – RS


4º FESTIVAL CAMPO A FORA
Dia 13 de setembro de 2014
Santiago – RS

REGULAMENTO 
Por Matias Moura
www.bahstidores.com

CAPÍTULO I – OBJETIVOS

Artigo 1º - O 4º Festival Campo a Fora, regulamentado por este instrumento, São seus objetivos:
a) Fomentar e incentivar a criatividade de compositores e intérpretes com letras e músicas ligadas à temática regionalista do Rio Grande do Sul;
b) Propiciar a revelação de novos talentos e facilitar a difusão de suas realizações artísticas;
c) Criar espaço para integração de artistas e pessoas ligadas à cultura musical sul rio-grandense;
d) Promover, através de atrações nativistas, tradicionalistas e culturais, a divulgação do município de Santiago;
e) Desenvolver na população em geral, o apreço pelas manifestações artísticas sul rio-grandenses;

CAPÍTULO II – ADMINISTRAÇÃO DO FESTIVAL

Art. 2º - A comissão é formada pelo piquete Campo a Fora;
Art. 3º- Compete à Comissão Organizadora do Festival Campo a Fora:
a) Contratar pessoal técnico a fim de atender à sua destinação específica para o desenvolvimento do evento;
b) Receber as inscrições para o festival;
c) Fixar o preço do ingresso e outras taxas do evento;

CAPÍTULO III – INSCRIÇÕES

Art. 4º - Serão permitidas inscrições de qualquer compositor, desde que observadas as determinações do presente regulamento.
Art. 5º - O prazo para inscrições ao 4º Festival Campo a Forase encerra no dia 30 de agosto de 2014, observando-se para tanto a data do envio pela internet.  
§ 1°: As inscrições deverão ser encaminhadas para o seguinte endereço:
-fernandolorenzini@hotmail.com
Art. 6º - Não será cobrada nenhuma taxa de inscrição.
Art. 7º - O número de composições a serem inscritas será de até 05 (cinco), músicas. Poderão classificar-se no máximo 02 (duas) composições por autor, individual ou em parceria.
Art. 8º - As composições deverão ter caráter inédito, entendendo-se como tal os trabalhos que não tenham sido gravados, ou participado de difusão por qualquer sistema de áudio ou escuta pública, podendo ter participado de eventos deste gênero, desde que não premiadas.
Art. 9º - Após a inscrição de sua obra, o compositor fica condicionado a não divulgação pública da mesma até a data do evento, sob pena de desclassificação.
Art. 10º - Cada composição inscrita/concorrente deverá ser enviada com uma cópia em mp3, acompanhada de cópia digitada da letra (Word Office), além da Ficha de Inscrição devidamente preenchida.

Parágrafo primeiro: A qualidade da gravação não será avaliada na triagem com tanto rigor, dispensando assim o uso e algum gasto com estúdio, a comissão da triagem dará ênfase na gravação para a melodia e também como possivelmente a musica será apresentada no dia do festival.

* Na gravação também não serão exigidos todos os instrumentos utilizados no dia da apresentação.
Art. 11º - O tempo de execução de composição não poderá exceder a 06 (seis) minutos.
Art. 12º - Serão permitidos, além de instrumentos musicaistípicos do Rio Grande do Sul, todo e qualquer instrumento que o arranjador julgar necessário para melhor qualificação, desempenho e enriquecimento da obra classificada, sendo que o(s) autor (s) se responsabiliza(m) por sua introdução no palco.
Parágrafo único: A Comissão Organizadora não colocará qualquer instrumento musical no palco, exceto sonorização e iluminação profissional com equipe técnica.

CAPÍTULO IV – JULGAMENTO

Art. 13°: A comissão avaliadora será constituída por pessoas de comprovada capacidade técnica e de grande expressão no cenário da música e da cultura gaúcha, podendo haver eventuais substituições desses integrantes, a critério da Comissão Organizadora do festival.
PARÁGRAFO ÚNICO: Encerrada as inscrições, a Comissão Avaliadora, convidada pela Comissão Organizadora do 4º Campo a Fora, classificará 15 composições concorrentes.

CAPÍTULO V –DIA DO FESTIVAL

Art. 14º - O 4º Festival Campo a Fora será realizada no dia 13 de setembro de 2014, sendo que deverão subir ao palco as 15 composições concorrentes classificadas.

CAPÍTULO VI – APRESENTAÇÃO

Art. 15º - A relação das composições classificadas, data e ordem de apresentação no 4º Festival Campo a Fora, serão comunicados de forma individual aos seus autores nos dias 3 e 4 de setembro de 2014, bem como pelos meios de comunicação.
Art. 16º - As músicas concorrentes, somente poderão ser apresentadas por artistas trajando indumentária típica do Rio Grande do Sul.
Parágrafo único: Ficam proibidas as vestimentas e/ou adereços contendo caracteres publicitários e/ou de conotação política.
Art. 17º. Os conjuntos deverão ter no máximo 8artistas intérpretes.
Art. 18º - Cada obra classificada deverá obedecer aos horários previamente estabelecidos para passagem de som e apresentação no palco, sob pena dedesclassificação.

CAPÍTULO VII – DA CLASSIFICAÇÃO E PREMIAÇÃO

Art. 19ºO FESTIVAL CAMPO A FORA não oferece premiação em dinheiro, e sim uma ajuda de custo para cada música classificada no valor de R$300,00, pois visa à confraternização entre amigos, músicos, tradicionalistas e a população santiaguense, além de comemorar com música a semana farroupilha.

§ 1°: As composições vencedoras receberão premiação em troféu.
Art. 20º - Os destaques do 4º Festival Campo a Fora receberão a seguinte premiação:

PRIMEIRO LUGAR.
SEGUNDO LUGAR
TERCEIRO LUGAR
Melhor instrumentista
Melhor Intérprete
Melhor Letra
Melhor Melodia
Música mais popular

Parágrafo Único: A Música Mais Popular será eleita por votação do público através de aplausos, conforme o julgamento dos jurados.

CAPÍTULO VIII – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

Art. 21º -Os concorrentes inscritos autorizam automaticamente a gravação de seu trabalho, sendo a mesma ao vivo.
Parágrafo único: As músicas finalistas estarão incluídas no CD do 4º Festival Campo a Fora, gravados ao vivo durante o evento.
Art. 22º - As Comissões Organizadoras e Avaliadoras serão inteiramente responsáveis e soberanas em suas decisões sendo estas irrecorríveis.
Art. 23º -Quaisquer omissões ou dúvidas quanto à interpretação deste regulamento serão examinadas e resolvidas soberanamente pela Comissão Organizadora.

COMISSÃO ORGANIZADORA:
P.T. Campo a Fora
INFORMAÇÕES:

Fernando Lorenzini055-99154110 (fernandolorenzini@hotmail.com) ou facebook (Fernando lorenzini)
Rodrigo Castiel 055-96409970

4º Festival Campo a Fora
FICHA DE INSCRIÇÃO


Ritmo:...................................................................................................................................................... Título da composição:.............................................................................................................................. Autor da Letra:........................................................................................................................................ Endereço:............................................................................................................................................... Cidade:................................................................................................................................................. Estado:......................................................................................................................................... E-mail:................................................................................................................................................. Fone:.......................................................................................................................................... Autor da Melodia:............................................................................................................................... Endereço:........................................................................................................................................... Cidade:.............................................................................................................................................. Estado:...................................................................................................................................... E-mail:.............................................................................................................................................. Fone:........................................................................................................................................

Em caso de classificação em nível de pré-seleção, a composição será interpretada no palco 
do 4º Festival Campo a Fora por: ...............................................................................................................

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Documentário Pequeños Universos - Música Gaúcha

Além das fronteiras…

“Quando se pensa em fronteiras a gente se coloca a imaginar uma linha que divide um espaço em dois, como se as linhas dos mapas deslocassem as pessoas dos seus costumes e seus povos. As vezes descobrimos que o que nos une é mais forte que o que nos diferencia, além das linhas pontilhadas dos mapas e mais além das fronteiras…”

Com essas palavras que o acordeonista Argentino Chango Spasiuk encerra a quinta temporada do documentário Pequeños Universos, o qual nesta oportunidade abordou o tema: Música Gaúcha. A pesquisa de Spasiuk, explorou a poesia de campo, clássicos gaúchos, a cordeona de botão fabricada dentro do Rio Grande do Sul e outras aspirações sobre a nossa cultura.

Participação de Renato Borghetti. , Luciano Maia e Gujo Teixeira.

Confira o documentário!